São Paulo – O Surto de Meningite e a Fuga para o Interior – Araraquara

Minha mãe estava gravida novamente quase dez anos depois do nascimento do meu irmão Walter. Nos morávamos em uma casa na Rua Santo Antônio, no Imirim, bairro de portugueses em São Paulo.

A casa era um sobrado que meu pai construiu depois do imóvel anterior haver sido desapropriado pela prefeitura Somente a parte inferno estava pronta, mas já dava para abrigar com mais conforto a família.

A meningite atacou de repente São Paulo e todas as cidades da região com clima mais frio. Meu pai recebia notícias que, por enquanto, em Araraquara, onde morava tia. Elza, não havia nenhum só da doença que se transmitia rapidamente entre crianças nas escolas. Ainda não haviam desenvolvido vacinas para essa moléstia e pela forma que ela matava eram muitos casos todos os dias. Meu pais ficaram apavorados, pois tinham dois meninos mais um para nascer. Maguetas agora era sócio de uma empresa de propaganda no bairro Santa Cecília, além de pintar e fazer decorações. O padrão de vida tinha melhorado, mas ele resolveu salvar os filhos a qualquer preço.

Mudamos para Araraquara e ele foi trabalhar como publicitário para uma rede de lojas e continuaria pintando seus quadros.

Minha mãe não estava indo bem com a gravidez. Uma ultrassonografia indicava alguma coisa errada comigo no ventre. Araraquara tinha bons médicos e minha tia Abigail era enfermeira; ela acompanhou tudo e eu nasci bem e tive uma infância feliz.

Meu pai vendia, através de um hotel, alguns quadros que pintava. Colocava as obras sobre um cavalete, juntamente com o nosso endereço, e isso era o suficiente.

Todo fim de semana ia pintar com alguns amigos nos arredores da cidade. Continuava desenhando e enviando os trabalhos para o seu sócio, Aldo Campi, em São Paulo. Diariamente, via ônibus, os trabalhos iam e vinham.

Eu nasci em 12 de junho de 1974, e quando a meningite estava chegando ao interior paulista, já havia tratamento e menor índice de mortalidade infantil. Logo surgia a vacina e tudo se normalizou.

Washington, como era conhecido em Araraquara, passou a fazer alguns projetos em arquitetura e, mesmo com tantas atividades, ainda lhe sobrava tempo para umas pescarias, sempre acompanhado de uma câmera fotográfica para registrar paisagens.

Fez alguns projetos e executou algumas obras para o Clube 22 de Agosto: lagos áreas de lazer e a primeira discoteca do interior com o que havia de mais moderno em São Paulo, sucesso que não lhe rendeu muito dinheiro nem divulgação do trabalho. Esses méritos ficaram com o presidente e a diretoria do Clube 22. Meu pai sempre procurava fazer o melhor, seja na pintura ou em qualquer atividade que ele se envolvesse, como também na musica, chegando com seu parceiro a disputar e se classificar ao Prêmio. Visa, um dos mais cobiçados troféus da Música Popular Brasileira. No setor de novos compositores, Teco Seade apresentou com muita arte a letra de Maguetas e musica do próprio Teco: Oração a Dois. Fizeram até agora mais de dez músicas juntos, e na noite de Campinas e em vários festivais fazem muito sucesso e levam sempre os mais cobiçados prêmios.

EnglishPortuguêsEspañol